fbpx
dom. dez 15th, 2019

InSitte Blog

O InSitte Blog é uma revista 100% eletrônica de cultura, entreterimento e esporte juiz-forano que trabalha com os mais variados assuntos a nível nacional e internacional.

O RAP E AS MINAS DE JUIZ DE FORA

5 min read

Com o tempo a sociedade foi se remodelando e dando espaço para vozes e grupos de pessoas antes não ouvidas pela grande mídia.

Entre essas vozes surgidas no meio urbano está o coletivo rap de mina, que representados por adolescentes e jovens utilizam do estilo musical para contar suas histórias e dar opiniões através de versos cantados por eles mesmos.

Hoje você pode ver eventos voltados para o estilo, espalhados pela cidade. Algo pouco frequente em Juiz de Fora.

Um dos expoentes do rap juiz-forano, Laura Conceição, já coleciona histórias e experiências que compartilhou conosco.

22550567_1546780488710808_8569157663884835637_o
Arquivo pessoal de Laura Conceição

O RAP DE LAURA

Seu interesse pelo estilo musical aconteceu aos 13 anos quando estava na escola. “Eu estava em uma aula de literatura, e ao me deparar com aquelas rimas dentro das poesias me atinou a vontade de escrever”.

Ela Ainda acrescentou que sempre gostou de escrever, mas no princípio não eram ainda rimas de rap e sim poesias. “O ponto decisivo que me motivou trilhar esse caminho musical, foi quando escutei uma canção do Emicida. Daí em diante ao ler minhas poesias percebi que poderia fazer meu próprio trabalho, e desde então não parei mais”.

Laura explicou que para compor um rap, é preciso ficar atento quanto a simples matemática da junção entre a rima somada a batida dos samples (No em inglês para denominar a uma amostra ou batida sonora, às vezes gravações, ou criada via software de computador). “Quando criei consciência do que era o rap, passei a estudar mais e vi nesse meio a oportunidade de levar meu trabalho na poesia e música para outras pessoas”.

O COLETIVO

Laura contou que o movimento existe há algum tempo, porém o auge desse estilo musical para os juiz-foranos só ficou mais em evidência recentemente.

“A Thaina Krya é uma das fundadoras do rap de mina em Juiz de Fora juntamente com a também MC Pri, que há seis anos vem levando sua poesia para o público e lutando pelo e espaço do estilo na cidade”, Disse.

Laura disse que sua ligação com o rap surgiu a dois anos quando teve a oportunidade de fazer um show com a banda ‘de lá’. “Eu tinha uma música com eles, e o Marte MC também.Foi quando ele passou a me ajudar e dar conselhos. Com esse apoio que recebi, acabei conquistando o espaço que hoje tenho,” Comentou.

Ela disse que além retratar a realidade da mulher na sociedade, gosta de discorrer sobre temas ligados aos problemas da sociedade e muitos outros assuntos que vierem a tona na mídia.

“Como a galera se identificou com as minhas poesias e estava ganhando espaço nesse segmento, decidi entrar nesse coletivo rap de mina, pois tinha o objetivo de colocar mulheres cantando rap. Algo até então difícil de ver,” Explicou.

REPERCUSSÃO

Laura disse que após o rap de mina ter ganhado força na cidade, as casas de show da região têm procurado bastante o trabalho delas para suas programações de fim de semana. “Hoje graças a deus não ficamos parados durante os fins de semana, pois estamos fazendo em média de três a quatro shows por mês”, revelou.

Além da música, uma recente conquista feita por elas foi uma publicação de um livro que contém trabalhos de vários membros do rap de mina de outros coletivos como o Slam Poético.

“Acredito que foi a melhor coisa que me aconteceu ter entrado no rap, e principalmente que foi um encontro de almas a minha amizade com a tatá e a Tainá Cria,” comentou.

Para completar, Laura disse que uma das palavras que define o sucesso do rap de mina é atitude. Mostrando através de rimas e melodias as realidades da sociedade.

INSPIRAÇÕES E INFLUÊNCIAS

Para ela, pensar em pessoas, artistas e estilos que a influenciaram no rap, a primeira ideia que vem em sua mente é a sua ligação com os artistas locais.

“Eu sempre escutei muito a música da cidade, pois queria um dia poder levar minha arte para a galera assim como estes artistas faziam.

Entre os que mais escutava está o Marte MC, o RT Mallone, o DJ Everton BeatMaker, a minha amiga tainá,” Relatou.

“Além das influências do rap local, Larau disse que sempre procurou escutar um pouco de cada estilo e seguimento musical e entre esses ela citou nomes hoje reconhecidos como Emicida, Dina Di, Negra rê e Maria Bethânia.

Não posso falar que me influenciou  só no rap, pois são muitas as inspirações e referências.

Até meus pais são inspirações, a exemplo o meu pai que é músico e sempre o vi tocando violão na sala lá de casa,” Relatou.

Ela disse que para compor vai além das referências músicas, sendo os lugares por onde passa uma fonte de inspiração para compor. “Eu escrevo muito dentro do ônibus”, Comentou.

22180113_1523785981024171_7791535894710879745_o
Arquivo pessoal de Laura Conceição

SUA MARCA

Em relação a ser hoje um dos nomes que vem influenciando as novas gerações do rap, Laura acredita ser algo de muita responsabilidade para ela mesmo que esteja começando sua carreira.

“Eu tenho um trabalho chamado poesia nas escolas, o qual tem como objetivo fazer com que as crianças e adolescentes acreditem mais em seus sonhos, e por este motivo tenho que repensar diariamente todos os meus atos para ser a melhor referência para eles e poder fazer a diferença em suas vidas” acrescentou.

Ela comentou também que em sua época de colégio não tinha referências assim, então faz o possível para não desapontar os jovens e crianças que hoje apreciam e são fãs de sua arte.

O QUE VEM DE NOVO POR AÍ?

laura conceição
Aquivo pessoal de Laura Conceição

Como todo artista e poeta, Laura não para de produzir e está sempre trazendo alguma novidade para o rap Juiz-forano.

Recentemente participou da competição nacional de Poesia Falada em São Paulo que ficou em 3º lugar e entre os destaques da edição.

Entre os próximos projetos, ela nos contou em primeira mão que pretende lançar ainda neste ano um videoclipe para sua música ‘Tempos Efêmeros’, que tem como principal objetivo ser uma produção audiovisual e artística toda feita por meninas. Além de shows que já estão marcados para este final de ano e deste ano.

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *