fbpx
sáb. dez 14th, 2019

InSitte Blog

O InSitte Blog é uma revista 100% eletrônica de cultura, entreterimento e esporte juiz-forano que trabalha com os mais variados assuntos a nível nacional e internacional.

ÀS VOLTAS QUE A MODA DÁ

2 min read

 

câmera de filme antiga
câmera de filme antiga Foto e Edição: Lucas Gabriel MH

Por Lucas Gabriel MH

Uma das situações mais recorrentes das produções cinematográficas, fonográficas e no mundo da moda é a onda retrô.

Bebendo de estilos já anteriormente massificados, como os filmes de suspense dos anos 80, ou o Rockabilly dos anos 50.

A grande mídia parece não medir esforços para tentar recuperar as estéticas que a pouco tempo atrás era tido como algo antiquado.

Talvez pela falta de criatividade, ou por não existir mais formas de inovação para o meio da produção cultural de massa.

A verdade é que parece já termos visto esse filme anteriormente. A exemplo disso basta apenas dar uma leve zapeada pelo google e logo verá que assim como a moda é cíclica e o cinema e a música também são.

E uma das táticas usadas é o resgate apenas do que foi sucesso no passado, tentando sempre melhorar ou como a professora Renata Vargas do Ces já disse em aula, dar uma leve requintada na produção.

Entre os exemplos que podemos citar, está a saga Star Wars que voltou ao seu auge após ganhar mais um capítulo a história dos Jedi’s. Assim voltando a lucrar mais alguns milhões com a marca.

vinil em funcionamento
Foto e Edição: Lucas Gabriel MH

Outro grande exemplo está na música com Pharrel Willians trazendo de volta o som da antiga e saudosa discou para o século XXI, porém com o requinte de leves toques melódicos inspirados na música eletrônica atual.

Após o resgate de Pharrel, simplesmente voltou a ser identificado um estilo meio discou nas músicas. Como pode ser percebido por exemplo em Pumped Up Kicks da banda inglesa Foster The People, ou em Why’d You Only Call Me When You’re Hi da banda britânica Arctic Monkeys.

Já na moda por exemplo, as calças boca de sino viraram tendência novamente, mas sem as estampas exageradas e psicodélicas de outrem.

Arte para fotos de dentro da postagem.png

Um item que está de volta também são os max brincos coloridos dos anos 80.

Já nos programas de televisão posso citar como um grande remake dos clássicos embutidos em algo novo, a web série da produtora Netflix “Stringer Things” que desde 2016 vem ganhando fãs pelo mundo a fora.

Essa produção tem todo tipo de referência que se pode imaginar. Indo desde a trilha sonora, ao estilo de vestir, falar e formas de se divertir.

Enfim, o que não faltam atualmente são remakes de antes. Se é verdade ou não que estão sem ideia quanto a novas produções não posso afirmar. Apenas digo que o retrô veio para ficar.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *